Tinha me esquecido da solidão

Tinha me esquecido da solidão
ago 31, 2021 Rafael Kamada

Tinha me esquecido da solidão

Tinha me esquecido da liberdade

Estava salvo do terror

Estava cercado por arame farpado

Atravessei me furei sangrei parece que nada mudou tudo continua mais ou menos igual

Fui eu que mudei?

Vejo as inseguranças alheias

Vejo os interesses como recreação e o amor como perdão

Não sei de nada não

Prefiro me fingir de idiota louco sou eu no desespero da solidão não sei viver sozinho não

saglikpersoneli.com.trsaglikpersoneli.com.tr